Nossos destinos foram traçados na maternidade

“Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados
Na maternidade…”


Ontem alguém fez aniversário.
Como a data não podia passar em branco, vou lembrar rapidamente como as palavras do poeta cabem perfeitamente em nossa história.

Eu nasci exatamente no dia em que aconteceu a terrível tragédia no edifício Joelma, em São Paulo, no dia 1o de fevereiro de 1974. Neste incêndio morreram 179 pessoas e 300 ficaram feridas.
E não é que estou prestes a me casar, e minha futura esposa se chama Joelma, tal qual o edifício que marcou o dia do meu nascimento?
Parece que ela veio pra incendiar a minha vida…
E, assim como cantava Cazuza, nós também podemos dizer: “nossos destinos foram traçados na maternidade”.

About these ads
Published in: on outubro 31, 2007 at 5:27 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: http://maturana.wordpress.com/2007/10/31/nossos-destinos-foram-tracados-na-maternidade/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: